Friday, August 11, 2006

Artista, Atleta, Engenheira

Artista por opção.
Atleta por vontade.
Engenheira por precisão.

Não necessariamente nesta ordem, são esses os caminhos que minha vida segue trilhando. Uns com mais ou menos intensidade, dependendo da época, do meu humor, inspiração ou disposição. São perfis tão diferentes, mas em mim eles se complementam. E assim como um tripé se desequilibra se lhe for tirada uma das pernas, isso também ocorre comigo quando me falta uma dessas características.

Essas três "Ledianas" surgiram quase que ao mesmo tempo, em meados de 1995, época em que eu iniciava meu curso Técnico em Eletromecânica, no CEFET-RN. Pode ter sido por pura coincidência, predestinação ou apenas o curso natural das coisas, do rito de passagem que é a adolescência. Antes disso, confesso, eu era "ninguém". Com o passar do tempo, minha personalidade, atitudes e escolhas foram ficando mais firmes e fortes. E quando saí da escola as três chamas permaneceram acesas e vivas até os dias de hoje.

Nos próximos posts eu pretendo voltar no tempo, e guiá-los numa viagem até os dias atuais, contando de forma paralela o surgimento, a consolidação e a permanência da Artista, da Atleta e da Engenheira dentro de mim. Vão parecer três histórias distintas. Mas trata-se da mesma pessoa, da mesma época.

Até lá!

5 Comentário(s) para: Artista, Atleta, Engenheira

  • Que bom, agora estou ansioso pra poder saber um pouquinho mais sobre você! Sobre sua vida,,,

    Bom saber que o seu lado "humano" ainda sobrevive bem pertinho do seu lado "exato" ;D


    Beijão!

    Anonymous David, em 13/8/06 00:02  

  • Esperarei ansiosa!!!

    É incrível como a experiência do ETFCE/CEFET-CE tbm mudou minha vida, minhas atitudes... Até então eu era uma menina mimada que estudava em colégio particular e tinha todas as minhas vontades atendidas... Quando entrei na ETFCE, em 1996, foi um choque tão grande que até entrei em depressão, queria sair de lá a qualquer custo! Mas depois, tudo começou a fluir e hj sou grata por não ter desistido de verdade... O que aprendi e amadureci lá não tem preço... Levo dentro de mim todas as experiências, ensinamentos, histórias... Saudades daquele tempo! Se pudesse voltava no tempo pra poder viver tudo novamente...

    Bjos, menina!

    Blogger Xelly, em 18/8/06 09:19  

  • Muito bom saber de você.Me perdi nas suas palavras, no seu tempo, na sua história.
    Mergulhei no mundo...
    Gostei mais e mais!
    Beijos!

    Blogger azulvioleta, em 18/8/06 17:35  

  • No seu mundo!

    Blogger azulvioleta, em 18/8/06 17:36  

  • Tá... estou esperando por suas obras. E pela viagem guiada. E por atualizações mais constantes :D

    Só não gostei da parte em que vc disse "antes disso, eu era ninguém". Isso é falso. Sempre somos alguém.


    Beijão, borboleta!

    Anonymous Anne, em 19/8/06 16:11  

Post a Comment

<< Voltar ao blog