Saturday, April 22, 2006

Há vezes em que eu me sinto a própria!

CAPITU
Zélia Duncan
Composição: Luiz Tatit


De um lado vem você com seu jeitinho
Hábil, hábil, hábil e pronto
Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante
w w w ponto poderosa ponto com

É esse o seu modo de ser ambíguo
Sábio, sábio, e todo encanto, canto, canto
Raposa e sereia da terra e do mar na tela e no ar

Você é virtualmente amada, amante
Você real é ainda mais tocante
Não há quem não se encante

Um método de agir que é tão astuto
Com jeitinho alcança tudo, tudo, tudo
É só se entregar, é só te seguir, é capitular

Capitu, a ressaca dos mares, a sereia do sul
Captando os olhares, nosso totem tabu
A mulher em milhares, Capitu

No site o seu poder provoca o ócio, o ócio
Um passo para o vício, vício, vício
É só navegar, é só te seguir e então naufragar

Capitu, feminino com arte, a traição atraente
Um capítulo à parte, quase virus ardente
Imperando no site, Capitu

É só se entregar, é não resistir, é capitular
Capitu, a ressaca dos mares, a sereia do sul, captando os olhares
Nosso totem tabu a mulher em milhares, Capitu,
Feminino com arte, a traição atraente, um capítulo à parte
Quase vírus ardente, imperando no site, Capitu!


Mais uma vez, digo: melhor do que ler é ouvir. Se quiser, é só falar comigo!

Beijos!

9 Comentário(s) para: Há vezes em que eu me sinto a própria!

  • Pois é... eu fui procurar essa música no Ares e não encontrei! :|

    Beijão!

    Anonymous Anne, em 23/4/06 11:12  

  • oi...
    gostei do seu blogger...
    muito bacana...
    vc escreve com o coração...

    Blogger as_estrelas, em 24/4/06 22:10  

  • Linda música,,, E tem um trecho que, pra mim, desenha tudo:

    "Não há quem não se encante (,,,) Com jeitinho alcança tudo, tudo, tudo"

    É exatamente o que define ser ou não Capitu! ;D

    Anonymous David, em 25/4/06 00:48  

  • Ainda não escutei esse CD da Zélia... :-/
    Mas gostei da forma que define Capitu...
    Só não consigo me visualizar sendo ela...

    Bjos!

    Blogger Xelly, em 25/4/06 11:34  

  • ae comeh q tah a vida hein doida?
    voltou das ferias nem contou nada... nem falou direito... se achando a poderosa.com hein! >P

    Anonymous pirulito, em 29/4/06 04:08  

  • Ei... tava mexendo numas coisas aqui e acabei achando um bloco de notas que tu tinha me mandado com seu texto "Separação". E eu o li hoje como se tivesse sido a primeira vez. Muito subjetivo e profundo!

    Nada a ver né, mas era só pra dizer... rs

    Beijos!

    Anonymous Anne, em 1/5/06 14:03  

  • This comment has been removed by a blog administrator.

    Blogger mattclinton99083918, em 13/5/06 18:25  

  • oi Lediana, to vindo ao teu blog:)
    tempo que nao nos vemos hein? desde a epoca dos engenheiros

    da uma visita no meu tambem ok?
    www.barbrasil.net acabei de colocar o site no ar :)

    beijao

    Anonymous Edge, em 15/5/06 05:22  

  • Gostei da letra da música e do seu blog.

    Os olhos de ressaca de Capitu me fizeram lembrar do velho Machado de Assis, que, infelizmente, não tenho explorado após os tempos do colegial, e o filme Dom, forjado com os mesmos detalhes da obra-mor.

    Parabéns pelo conteúdo.

    Blogger Pequenos Escritos, em 7/7/06 10:11  

Post a Comment

<< Voltar ao blog