Monday, November 06, 2006

Obrigada!

Antes eu estava com uma certa resistência em mencionar-lhe aqui já que ele não gosta muito de ser citado em blogs, flogs e afins... Mas creio que ele não vai achar ruim ver seu nome estampado n'O Caçador de Borboletas. No mínimo, irá me perdoar quando perceber a minha boa intenção.

Luiz David "Farpado" Campêlo, muito obrigada pelo apoio, pela companhia, por me deixar contar com você mesmo nas situações mais complicadas. Como já te falei mais de uma vez, não sei como poderei retribuir sua ajuda naqueles dias tão adversos.

David foi a primeira pessoa em que pensei depois do ocorrido descrito no post anterior. Em plena madrugada, ele saiu do seu merecido sossego e veio até minha casa. Foi a pessoa que me apoiou do início ao fim da história. Me levou na delegacia para fazer o B.O., me acolheu em sua casa para que eu não dormisse no traumático apartamento, ajudou na mudança no fim de semana seguinte e me acalentou com belas palavras para que minha mente esquecesse do terror.

Já li em algum lugar que a palavra "obrigada" é uma forma abreviada da expressão "sinto-me obrigada a retribuir o bem que você me fez".

David, o meu "obrigada" é assim: completo. Não é abreviado.

1 Comentário(s) para: Obrigada!

  • Eu sempre digo que ruim é fazer o que não se quer fazer,,, Lembra?! Poisé, o complemento desse lema é: Muito, mas muuuuuito bom, é fazer algo que se quer muito fazer, que se faz com gosto, de bom grado!

    E é exatamente isso que me acomete agora,,, É por simples e pura vontade de fazê-lo que o faço,,, É por vontade de ver você bem que o faço,,, É por me sentir bem que o faço,,, Etc, etc, etc,,, A partir disso, fica claro que isso não faço só por você, faço por mim tb,,, Pois me sinto bem,,,

    Ah, por fim: não há de quê, menina!


    Beijos,

    Blogger David, em 9/11/06 13:41  

Post a Comment

<< Voltar ao blog